13 de mar de 2008

PALAVRAS DERIVADAS

FOTO E EFEITO: J.Machado - Teclado - 2008

Meias palavras, palavras inteiras.
Uma palavra e meia, sufixada.
Apaixonadamente.
Derivadas de momentos.
Inexatas e sem rima.
Verdade, diário, sempre, quase.
...
Perdido em festa.
Substitutos incompletos.
Prisão nas casinhas coloridas.
...
Um suspiro por vez.
Silêncio do olhar.
Ânsias e respostas.
...
Exclamações de sobra.
Interrogações no vácuo.
Incompreensível com muitas reticências.
...
Saudade dos mistérios navegantes.
Cego pela luz da lua.
Incômodo pela claridade dos subjuntivos.
Indecências da euforia ao torpor.
...
Dos caros amigos:
As casas.
O bar.
A vida.
As visões
Os números
...
Do leitor:
Estranho, doce, rebuscado.
Melancólico, insano.
Mensagens subliminares.
É demais pra mim.
...
De mim:
Escrevo sobre desejos.
Textos ainda longos.
...
PS:
Sempre haverá PS's.

2 comentários:

  1. Juca,

    Dos teus textos:
    gosto da tua procura...
    de todos esses contrastes
    seja por essa brancura
    ou seja pelos disfarces...

    Dos meus textos:
    adoro as entrelinhas
    abuso das reticências...
    Incoerências minhas,
    Ou apenas preferências?!

    Beijos,
    Carol

    PS: Ambos gostamos de PS...

    ResponderExcluir