22 de out de 2007

SAUDADE

FOTO: J.Machado - Cumbuco/CE - 2006

Tu falaste de saudade...
Saudade do que passou, do que foi bom ou do que não temos.
Saudade do que nunca teremos.
Saudade de momentos, do banquinho de cimento quente ao sol, daquele casal da foto.
Saudade do que nunca vi, do que nunca toquei, do que nunca senti.
Saudade de não sentir saudade. Mas é bom sentir saudade, desejo de saudade. Digo, saudade de sentir saudade.
Vontade!
Saudade da infância, dos colos, dos afagos e beijinhos carinhosos, saudade de ser "querido".
Saudade do almoço de quarta, do aroma de bolo assado no sábado a tarde, do cheiro da casa limpa, do perfume adocicado de todos os dias.
Saudade das despedidas chorosas e dos reencontros calorosos.
Saudade daqueles dias que nunca se repetirão.
Saudade do primeiro e do segundo beijo.
Saudade da minha lavanderia querida, dos meus 13 anos, daquele domingo de angústia.
Saudade do lugar ermo, deserto e lindo, daquela viagem.
Saudade dos amigos que se afastaram, dos que nunca voltaram.
Saudade de um amor, da chama eterna que arde no peito...pelo menos enquanto dure.
E como naquele banquinho eu sentaria e sentiria saudade...de tudo isso, desejo de seguir em frente com saudade do passado.

Um comentário:

  1. Hoje sim! Quero deixar registrado todo meu encanto que tenho por você! E agora que descobri mais esse seu dom, só fez crescer minha admiração por você! Saudade... Palavrinha difícil de descrever né! Pois é meu amigo, saudade é o que sinto por você! Parabéns!!! E obrigada por fazer parte da minha vida! Te adoro!!! Beijos...

    ResponderExcluir